Você está aqui: Página Inicial Projeto
Você está aqui: Página Inicial Projeto

O Projeto

 

O projeto "Impactos das mudanças climáticas globais sobre problemas fitossanitários" - CLIMAPEST foi composto por Projetos Componentes (PCs) que abordaram estudos de experimentação e simulação com os principais fatores climáticos que estão sofrendo alterações, e por planos de ação que contemplam culturas de importância sócio-econômica para o País e para exportação.

As culturas eleitas foram: soja, café, milho, laranja, forragicultura, espécies florestais, maçã, pêssego, banana, manga, uva, mandioca, algodão, mamona, coco, dendê, cana-de-açúcar, amendoim, arroz e feijão.

Para trabalhos de experimentação, foram estudados os impactos do aumento da concentração de CO2 em experimentos do tipo FACE ("Free Air Carbon Dioxide Enrichment") e estufas de topo aberto ("Open Top Chambers, OTC); de temperatura, em ambiente controlado; e de UV-B, em campo e em câmaras especiais.

Para estudos de simulação, foram obtidos mapas de distribuição geográfica e temporal de doenças, pragas e plantas invasoras no clima futuro, utilizando as variáveis climáticas disponibilizadas no Quarto Relatório do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas): temperaturas média, máxima e mínima; precipitação; umidade relativa; insolação; além de período de molhamento foliar, obtida por correlações. Dessa forma, o objetivo geral do projeto foi avaliar o impacto das mudanças climáticas sobre doenças, pragas e plantas invasoras de importantes culturas para o agronegócio brasileiro, visando ao desenvolvimento de alternativas de adaptação para o controle dos problemas fitossanitários predominantes nos cenários climáticos futuros.

Os resultados do projeto permitem o direcionamento de novas pesquisas visando ao desenvolvimento de métodos de controle dos problemas fitossanitários para adaptação aos impactos das mudanças climáticas.